Quinta-feira, 20 de Setembro de 2007

O "D"eficiente.

Como não poderia deixar de ser, este é o meu primeiro tema… por varias razões e mais algumas, sou das pessoas com mais á vontade para reinar com o tema.
È bom brincar, com “tabus”, ser deficiente não é mais do que uma maneira diferente de fazer as mesmas coisas que tu. Ser deficiente, tem também coisas boas a qualquer lado que vá, se tiver que esperar, espero, mas de certeza que é sentado, não passo horas a fio de pé á espera de uma coisa que se trata em cinco minutos. Muitas vezes é cómico olhar para as pessoas que estão a reparar em mim…elas, mudam o olhar de repente, ou então perguntam logo de seguida…” O que aconteceu?”.
Há pessoas que não nem se apercebem das perguntas ridículas que fazem, por exemplo, nas discotecas á porta da casa de banho “ Queres ajuda?”, num bar a empregada,“ Vai - se sentar onde?”, a malta chega ao pé de mim e é logo…” Atão Rodas como tens andado?”…o que dá vontade é dar respostas do género “ dahhh…”.
Há uns tempos aproximou-se uma pessoa de mim e perguntou-me o que me tinha acontecido e eu, expliquei-lhe que tinha sido um problema á nascença, e a pessoa com um ar muito “ aliviado” respondeu-me: “ Vá lá, teve SORTE!!! Pensei que tivesse sido de acidente.”
Sorte esta é a salvação de quem tem um acidente, fique a pessoa mal ou bem…Perde uma perna, um braço ou deixa de andar…”Teve Sorte podia ter morrido”.Olha Morreu…” Teve Sorte podia ter ficado numa cadeira de rodas”.Eu por exemplo já tive um acidente, espatifei um carro todo, mas por sorte não me aleijei, é que podia ter ficado numa cadeira de rodas…
Ser deficiente motor é por vezes ingrato se eu fosse um ladrão, num assalto, sabiam logo que era eu… imaginem o CSI - Las Vegas, a tirar o rasto das rodas da cadeira e se eu fosse preso… celas com dístico de deficiente.
Sabiam que nenhum deficiente pode ser padre? É verdade!!! Eu tenho uma teoria deve ser por causa da batina, que se enrola debaixo do acento da cadeira, também não dá para me ajoelhar para benzer, na missa é giro enquanto os outros andam a levantar-se e a sentar eu estou lá quietinho.
Eu faço da minha deficiência, uma paródia, a melhor maneira de lidar com ela é assim… todos nós somos potenciais deficientes, porque agora estás bem e a ler isto e daqui a cinco minutos, como estás?
 
“Open your Mind”
 
 
publicado por Rafael Oliveira às 16:22
link do post | dá a tua opinião | favorito
2 comentários:
De Marlene Barardo a 15 de Dezembro de 2008 às 17:30
Quem te conhece desde a tua infância sabe bem que a tua deficiência motora é apenas um pormenor..
A tua e a de todas as outras pessoas k se encontram na mesma situação.. pena é verdade, é teres de conviver muitas vezes com pessoas ignorantes e k apenas sabem olhar p o exterior, sem ligarem ao aspecto principal, que é realmente a tua maneira de ser! Continua sempre assim amigo!
jinhos
De A VER NAVIOS a 20 de Setembro de 2007 às 16:48
Parabéns. É óptimo ver a boa disposição com que encaras a tuda situação.
Efectivamente será necessária essa maneira de ser para encarar os momentos maus, que também os haverá.
E, na realizada, todos somos candidatos, mesmo sem pensarmos nisso.
Continua.

Comentar post

.Como sou eu?

.Procurar

 

.Setembro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Um dia vou-te dizer... qu...

. O Cansaço dos Portugueses...

. Ser Benfiquista...

. W.C.

. Oh Fáxavor…?

. Pêlos

. Hiper e Eco ZEN

. Hoje saí á rua…para quê?

. Natal - Parte I

. A Igreja e o Futebol

. O "D"eficiente.

. O Começo...

.arquivos

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds

Em destaque no SAPO Blogs
pub